PERGUNTAS FREQUENTES

1 - Empresas não integrantes do Cadastro de Fornecedores da SAEB podem participar de licitação na modalidade pregão?

2 - Na modalidade pregão é necessário que a empresa possua o Certificado de Registro Cadastral - CRC para que seja declarada vencedora?  

3 - Há valor limite para a adoção da modalidade pregão?

4- Qual o requisito para o servidor ser nomeado pregoeiro?

5 - Em quais hipóteses não poderá ser utilizada a modalidade pregão?

6 - Qual é o prazo para solicitar esclarecimentos ou apresentar impugnação ao edital, na modalidade pregão?

7 - No pregão, apresentadas propostas idênticas por empresas de mesmo enquadramento, e, não havendo lances, como deve proceder o pregoeiro?

8 - O pregoeiro poderá negociar com o proponente arrematante para obter um melhor preço?

9 - O pregoeiro poderá aceitar a participação de apenas um licitante na sessão pública?

10- No pregão presencial, o proponente que não quiser realizar lance verbal pode passar a vez e aguardar nova rodada de lances?

11- Como proceder a contagem do prazo para apresentação das razões de recurso e para contra-razões em licitação na modalidade pregão?

12- Quais são os procedimentos para cadastramento, no sistema licitacoes-e, do pregoeiro, da equipe de apoio e da autoridade competente que irão operar o pregão eletrônico?

13- O sistema licitacoes-e permite a disputa de mais de um lote do pregão simultaneamente?

14- Como ocorre o recurso no pregão eletrônico?

15- Após a publicação do edital, havendo necessidade de alteração deste, qual o procedimento a ser adotado?

16- Na fase interna do processo licitatório, qual o tratamento diferenciado pode ser aplicado às MPE’s?

17- O que é Sistema de Registro de Preços - SRP?

19- O que é o SIMPAS - Sistema Integrado de Material, Patrimônio e Serviços e qual a sua finalidade?

20- Para publicação da licitação no SIMPAS é necessária a inclusão da Requisição de Material (RM) ou de Serviço (RS)?